SEJAM TODOS BEM-VINDOS!

terça-feira, 28 de junho de 2011

Santa Cruz do Arari - Municipio da ilha do Marajó

Santa Cruz do Arari a princípio era uma fazenda de criação de gado situada às margens do lago Arari, localizada nas terras de propriedade de Plácido José Pamplona, Alferes da infantaria do regimento de Macapá que recebeu por doação do Rei de Portugal Felipe IV a Sesmaria Santo Inácio onde foi fundada a fazenda Santa Cruz.

Segundo os antigos moradores quando a família Pamplona chegou em 1868 nestas terras todos ficaram encantados com a beleza do Lago Arari que era um santuário ecológico da Ilha do Marajó, aqui encontraram poucos habitantes e começaram então a povoar estas terras, por ser a fazenda Santa Cruz e localizar-se as margens do lago Arari, deram então o nome Santa Cruz do Arari.

Construíram casas residenciais, um apequena escola e um pequeno comércio. Em 1927 construíram a Igreja de Nossa Senhora de Nazaré e também realizaram o primeiro círio, também organizaram uma banda musical comandada pelo Senhor Clodomir Batista Pamplona, fundaram ainda a primeira agremiação Esportiva “Santa Cruz do Arari Esporte Clube.”

Neste período foi fundada também a colônia de pescadores em 1937, no povoado de Jenipapo, onde funciona até os dias de hoje. Iniciaram a pesca, a criação de gado, construíram ainda uma delegacia de policia para manter a ordem e o respeito.

Transformaram Santa Cruz do Arari em um pequeno povoado, por questões políticas só no ano de 1956, Santa Cruz passou a ser uma vila, mesmo desfrutando uma enorme riqueza natural.

Santa Cruz do Arari não podia se desenvolver sócio, econômico e financeiro, porque vivia sobre os domínios do Município de Ponta de Pedras que por muitos anos dominou estas terras. Em 1960 o Deputado Romeu Santos, líder político na região do Arari, tomou conhecimento de tudo que ocorreu em Santa Cruz do Arari, encaminhando, em 29 de dezembro de 1960, à Assembléia Legislativa do Estado do Pará um Projeto de Lei de sua autoria pedindo a emancipação de Santa Cruz do Arari do município de Ponta de Pedras o que só ocorreu no ano de 1961 com o apoio do então Excelentíssimo Senhor Aurélio Correa do Carmo- Governador do Pará com a criação e aprovação da Lei Estadual nº 2.460, publicada no Diário Oficial nº 19.759 que criou o município de Santa Cruz do Arari, sendo reconhecido como município no dia 08 de abril de 1962.



(foto Neire Prestes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário