SEJAM TODOS BEM-VINDOS!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Trecho do livro: MARAJÓ de DALCÍDIO JURANDIR


"- Eu maltrato eles - referia-se aos bois - eles me chifram, me apostemam, me pisam. Mas quando embarcam, vão pro curro, eu sinto. É mea gente.
Rangiam as talhas e os bois se empinavam no ar, oscilavam e caiam debatendo-se no porão. Quando as reses espinoteavam no ar, a algazarra era maior. Pegavam no rabo o animal e arriavam os cabos."

Esta é uma descrição perfeita da foto acima, do barco Vicente José de Miranda, onde meu pai trabalhou por longos anos.

*
Foto: Afonso Braga

2 comentários:

  1. muito importante para a divulgaçao da cultura marajoara meus parabens.

    ResponderExcluir
  2. Olá Nilton! Obrigada pela visita e pelos parabéns, volte mais vezes Divulgar as nossa cultura é a minha paixão. Abraços

    ResponderExcluir