SEJAM TODOS BEM-VINDOS!

quarta-feira, 11 de junho de 2014

CABOCL@RTES 62

ZUNGUEIRAS (releitura)- óleo s/tela 25X35


A ZUNGUEIRA

O miúdo nas costas, faminto
O sol queimando
O sol assando
O miúdo nas costas, faminto de alimento
As moscas acariciando-o
E o lixo distraindo-o!

A zungueira zunga, cansada
Na cabeça, o negócio, o sustento
E nos pés empoeirados
O cansaço dos quilômetros galgados
O cansaço da distância percorrida
A zungueira zunga, o miúdo nas costas faminto!

......veja mais em http://www.minhaangola.org/#/decio-bettencourt-mateus/4532062401

Nenhum comentário:

Postar um comentário