SEJAM TODOS BEM-VINDOS!

sábado, 7 de setembro de 2013

CABOCL@RTES 51

INVERNADA - óleo sobre tela 20 x 40 - releitura de uma foto de Hely Pamplona, RIO DE MATO.

* No inverno os campos do Marajó ficam alagados, onde corriam os cavalos, somente canoas empurradas com varas deslizam sobre as folhagens à flor d'água.


Zezinho Viana, artista da terra, retrata muito bem neste trecho de  sua canção Invernada Marajoara:

"Numa canoa pequena
nos campos vou navegar
não vejo mais terroadas
só um imenso e vasto mar

Com a folhagem à flor d'água
varas que vão empurrar
belas vistas apuradas
para poder contemplar"

Nenhum comentário:

Postar um comentário